Wednesday, July 21, 2010

contrariedades

Uma pessoa torna-se contraditória quando sabe assumir que errou, e quando sabe dar o braço a torcer e mudar de opinião, quando há argumentos válidos para isso.
Parece-me a mim.

Por isso, não tenho problemas em ser contraditório.

5 comments:

Leto of the Crows said...

Nem sempre, Francisco. Há quem seja contraditório por natureza: num dia pensa uma coisa, e noutro dia pensa outra, dependendo de uma quantidade infinita de factores psicológicos, físicos... e climatéricos, que o tempo tem que servir sempre de desculpa xD

Francisco Norega said...

Sim, é verdade xD Mas não acho que num dia pensar uma coisa e noutro dia outra seja mau, mau é pensar num dia uma coisa, noutro dia outra, e no dia a seguir voltar a pensar como no primeiro, e depois mudar de opinião outra vez, sem qualquer razão xD

Ana Monteiro said...

uma roda viva de quase decisões não é saudável! (:

Anonymous said...

Contraditório é aquele que usa um argumento, e na mesma discussão, usa outro argumento que vai contra aquilo que ele disse anteriormente, contradizendo-se. Não tem nada a ver com alguém que reconhece os seus erros e dá o braço a torçer. Se alguém te chamou contradiório é porque, provavelmente, fizeste o que descrevi ali em cima. Ou então essa pessoa também não percebe o conceito.

Francisco Norega said...

Suponho que, quem quer que o tenha feito, se o fez (não escrevi o post a pensar em ninguém), teve um pouco de razão. Acho que acaba por ser um bocado da conjugação das duas coisas.

Mas não, não digo que seja perfeito e que nunca tenha metido os pés pelas mãos numa discussão. Acontece.