Tuesday, April 29, 2008

Vida de Cão

Well, há bocado estava a vir para casa e vi uma senhora a, supostamente, passear o cão. A questão é que algumas pessoas levam os cães a passear e depois andam a arrastá-los pela corrente em vez de lhes darem liberdade, como é suposto. Nunca percebi isto muito bem: se se leva um cão a passear, é suposto deixá-lo andar ou tratá-lo como um adereço, levando o cão para onde o dono quer? Depois admiram-se que os cães começam a ter comportamentos violentos e que se sentem "presos" em casa. Queria ver se deixassem as pessoas em casa 5/6 do dia e no pouco tempo que as deixavam sair as levassem presas por uma corrente, sem ter em minima consideração o pescoço de, supostamente, os nossos "amigos"/"companheiros"/whatever.

(Post sobre a semana passada ainda a ser escrito :P)

PS: Eu até podia criar uma etiqueta de nome Coisas Muito Importantes que Não se Enquadram em Mais categoria Nenhuma especialmente para este post, só para ter piada, mas acho que vou mesmo colocar como Coisas Sem Grande Importância.

6 comments:

pikenatonta said...

Concordo plenamente contigo!

Leto of the Crows said...

Olha que muitas pessoas dariam imensa importância a isso, principalmente os senhores da Defesa dos Direitos dos Animais xD

Mas tens toda a razão, não sei para que querem os cães. Maior parte do tempo os pobres animais ficam fechados dentro de casa...

Francisco Norega said...

Exacto. Ao menos deixem-nos andar livremente quando vêm à rua!!!

(Obrigado a todos por me lerem e comentarem :-D)

Kath said...

Há cães perigosos, e é também uma medida de segurança. Que aconteceria se eles andassem sem trela e corressem para o meio da estrada?

Quando levo os cães à rua não uso trelas, é verdade, mas a minha rua termina numa praceta e tem pouco movimento. E, mesmo assim, é difícil tomar conta deles ao mesmo tempo, ainda por cima porque o mais novo nunca está quieto e ainda não obedece bem quando o chamamos.

Não digo que se deva prendê-los rigidamente, mas tem de haver algum controlo, ou pode acontecer-lhes alguma coisa.

Francisco Norega said...

Pois, há situações em que tem mesmo de se levar trela. Mas a senhora em questão nem se detinha se o cão parava um bocadinho, no passeio. Estava pura e simplesmente a arrastá-lo à força.

Kath said...

Provavelmente tinha medo que ele fizesse alguma necessidade no passeio. x)